Imagem Ilustrativa
_

Resenhas

- Alô, Lacan? - É claro que não, Companhia de Freud, 222 pp., 1999

01/04/2007 - Jean Allouch

Jean Allouch, um dos fundadores da École Lacanienne de Psychanalyse, reapresenta através desta edição incrementada seus 132 bons mots avec Jacques Lacan, editado em 1984. Através de pequenas passagens envolvendo a prática analítica, a apresentação de doentes, a prática de supervisão, a história do movimento psicanalítico e outros encontros, brinca com o leitor lembrando-o que este livro não deve ser comprado, mas lido casualmente, vez por outra, em uma esquina de uma livraria, en passant. Eis três deles: Dado, pago Chegando para sua sessão, um analisante oferece a Lacan uma estatueta de valor. Lacan pega o presente, pede o dinheiro da sessão, e acompanha o analisante até a porta.   Isso acontece Ele se deita e, depois de alguns instantes: - Não tenho nada a dizer... Resposta divertida de Lacan: - Pois é! Isso acontece! Até amanhã, meu caro.   Saber O analisante: - Eu não sei ... Lacan: - Não vamos nos preocupar, logo saberemos.

 

 

Sumário

 

Lista

Prefácio

Prática analítica

Apresentação de doentes

Prática da supervisão

História do movimento psicanalítico

Encontros

Prefácio à primeira edição

 

 

< voltar