Imagem Ilustrativa
_

Resenhas

Quinta Coluna, Publifolha, 381 pp., 2008

01/02/2010 - Contardo Calligaris

Há mais de dez anos, Calligaris publica no caderno Ilustrada da Folha de São Paulo todas as quintas-feiras. O tempo certamente o fez pensar na idéia de aglutinar em livro a centena de crônicas que nos apresenta nesta obra. Percorrendo o cinema, a literatura, o cotidiano banal e seus eventos marcantes, a infância e a velhice, traça em suas linhas mais que opiniões: uma íntima conversa com seus leitores, como uma troca de idéias. Fugindo do senso comum, da dramaticidade e da radicalidade automática e inerente aos fatos, tem a arte de propor a transformação da tragédia comum que ronda o coletivo na individual de cada um, conduzindo o leitor em intrigantes explorações. Diz à página 20: “nem todos pulamos de pára-quedas, mas todos vamos pela vida, de experiência em experiência, com o coração na mão, em queda livre”.  Nada de palavreado difícil nem do lacanês próprio dos psicanalistas. A linguagem é acessível e própria aos jornais de grande circulação. De leitura pausada, é uma obra que pode ser lida durante um ano inteiro sem qualquer prejuízo. 

< voltar